31 de dez de 2009

chegando e reinventando

Para 2010 quero um ano mais doce, mais tranquilo e eu possa com isso curtir com calma e paciência cada dia. Preciso trabalhar melhor isso, a paciência e a tolerância para compreender sem preconceito o que sair diferente. Porque nem tudo nessa vida sai como planejamos, como um bolo que vamos a padaria e compramos do nosso gosto. Quero poder doar mais para aqueles que me amam e sentem a minha falta e ser muito mais organizada, muito mais família. No trabalho quero inovar e para isso a entrega será completa, intensa, sem rodeios e sem medo. No amor quero ser mais dedicada, reinventar e transformar mais, muito mais, sem medo de me machucar. Que 2010 seja muito mais branco, seja paz e prosperidade, muito mais harmonico. Porque como diria Cecília Meireles: "a vida, só é possível reinventada"

29 de dez de 2009

das dores

A vida da gente é feita de tantas idas e vindas que as vezes e muitas vezes mesmo cansamos. E muitas vezes ela nos sabota, nos entristece e nesse mesmo contratempo nos revira e vira e nos renova e revertemos toda a desordem instalada. Instalada nem sei como. É preciso tomarmos muito cuidado com essas coisas. Sei que é importante e faz parte do nosso amadurecimento e da organização da nossa bagagem, por que sem esses contratempos não evoluimos. Mas dói, é chato. Quero tanto acordar amanhã e ver o sol bater na janela, bem ardente, cheio de vida, sorrindo e me abraçando. E mais ainda, poder aproveitar o dia sem chateação, poder curtir com toda intensidade a entrada desse novo ano, poder fazer a minha lista de promessas e planos. Tenho tantos, alguns improváveis outros nem tanto. Afinal sonhar é tão bom, nos faz ir ao surreal em questão de segundos. Estou tão precisada disso tudo. Estou precisando ser escutada. Eu sei que não tenho razão em tudo, mesmo porque sou humana, feita de carne, de erros e acertos também. Mas será que é querer demais ter um pouco de atenção, será que é querer demais ser ouvida. - Acho que não! E quero mais compreensão.
Hoje eu acordei com o sabor da saudade na garganta, e senti um aperto, uma dor visceral. Vai passar. Nesse momento passa um turbilhão de coisas na cabeça, pensamento revolto.

Imagem: daqui

10 de dez de 2009

palhaçada

Hoje é dia do palhaço. O que seria da vida sem os palhaços, sem o bom humor e sem o sorriso???

7 de dez de 2009

Sabe aqueles dias que não passam, hoje é um deles. Mil coisas passando pela cabeça e eu não consigo caminhar. Parece que estou com os pés fincados e presos e não consigo sair do lugar. Algumas chatiações e dor de cabeça. Que venha logo o novo dia e que ele seja diferente, tenha brilho e que traga algo novo porque os que estão passando estão muito iguais. Estou deprê.

"De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo "
* Vinicios de Moraes

Imagen: Tipika

6 de dez de 2009

Aconchego





Tívemos um domingo tão agradável, embora o sol tenha ficado descansando, curtimos muito. Hoje comemoramos 9 anos de namoro, o tempo passou tão apressado, que as lembranças ainda estão bem frescas. Relembramos o dia em que nos conhecemos na mesa de um bar, ele rodeado de amigos e eu com a Jú. Hoje olho pra trás e vejo o amor que construímos e que contínuamos regando com carinho, alegria, companheirismo, abraços apertados e beijos quentes, e percebo que é muito mais intenso, que deitou raiz, que é nosso e que amo demais e vejo que a alegria dos primeiros dias, que nos contagiava ainda é a mesma, o corpo que se arrepia com muito mais fervor. E que te amo muito mais que antes.